Histórico

Um pouco de nossa história...
A história da Guarda Mirim de Itapira teve início no dia 12 de março de 1964 e a sua fundação foi celebrada no dia 1º de maio do mesmo ano, em comemoração ao Dia do Trabalho. A instituição foi idealizada pelo Padre Matheus Ruiz Domingues, que foi o primeiro presidente. O primeiro instrutor foi o soldado da PM Juvenal Leite que com muita disciplina foi um dos principais responsáveis em educar os jovens, ministrando cursos profissionalizantes visando inseri-los no mercado de trabalho.
No início, 19 jovens com idade entre 12 e 14 anos fizeram parte da entidade e tiveram brilhante participação, auxiliando no controle e na organização do trânsito local.
Aos poucos a entidade passou a contar com um número cada vez maior de jovens que a procuravam para receberem a aprendizagem necessária, na busca constante pela profissionalização.

Em 1968, a instituição inicia a sua parceria com empresas da cidade, levando os jovens a terem uma iniciação profissional como aprendizes, colaborando assim com o seu desenvolvimento e consequentemente também com o da comunidade. Com esse trabalho os jovens passaram a ser vistos em diversas atividades econômicas tais como: escritórios, bancos, repartições públicas, lojas, oficinas, indústrias, comércio em geral, entre outros, sempre prestando serviços compatíveis com a idade e com a finalidade da entidade.


Desde aquela época, o LIONS Clube de Itapira já se fazia presente na Guarda Mirim, através de associados que participavam ativamente das respectivas diretorias. No dia 28 de janeiro de 1973, foi inaugurada a sede própria, doada por este Clube de Serviços em regime de comodato, localizada numa esquina da Rua General Carneiro, a qual foi posteriormente vendida para aquisição de uma casa na Rua Tiradentes, ao pé da ponte sobre o Ribeirão da Penha, no Bairro Vila Ilze que também foi comercializada para aquisição de outro imóvel, desta vez na Rua Duque de Caxias, onde permaneceu como sede da entidade até 2007, quando finalmente foi inaugurado seu novo prédio, planejado e edificado especialmente para receber as instalações da instituição.    

No dia 04 de dezembro de 1976, a entidade abre suas portas para as meninas que começaram a ser encaminhadas para atividades. Elas eram requisitadas como auxiliares de escritório, recepcionistas, auxiliares de vendas, atendendo o mercado de trabalho da época. 
A partir da década de 90, toda a Diretoria da instituição passou a ser composta por associados do LIONS Clube de Itapira, prevalecendo este critério até os dias atuais.
Após a regulamentação da Lei do Aprendiz, a diretoria estabeleceu um novo e eficiente modelo de gestão, devidamente normatizada estatutariamente e registrada na JUCESP sob o nome de AIPA - "ASSOCIAÇÃO ITAPIRENSE DE PREPARO DO ADOLESCENTE" e iniciou um sistema organizacional para que pudesse registrar todos os adolescentes atendidos como jovens aprendizes e dessa maneira atender a Lei específica.


Conquistado o registro em carteira, outro passo importante foi o início da  construção de uma nova sede, muito mais ampla e adequada para atender esses jovens e, sobretudo, a legislação vigente. A inauguração ocorreu no início de 2007, sendo importante registrar que o prédio foi edificado numa área de 940,46 metros quadrados cedidos pelo LIONS Clube de Itapira e doado finalmente em 2008 pelo poder executivo, na gestão do Prefeito Antonio Hélio Nicolai, com cláusula onerosa. Após essa etapa, a Associação iniciou a fase de estruturação dos cursos de qualificação para atender ao seu público e assim contribuir com a construção de um futuro melhor para esses adolescentes, cidadãos do amanhã. Foi então que surgiu o CETA (Centro de Educação e Treinamento do Aprendiz). Em 2008, pela primeira vez um ex-guardinha chega à Presidência da Associação, junto a um corpo diretivo, comprometido, dinâmico e eficiente. Consolida a profissionalização na gestão da instituição e dá outro passo importante criando cursos para os jovens já inseridos no mercado de trabalho, para assim atender a Lei do Aprendiz. Também, foi criado no mesmo ano o setor pedagógico que passou a coordenar,  aprimorar e ampliar todos os módulos de capacitação e qualificação, sendo que em poucos meses passaram a ser ministrados na associação os cursos de: Matemática Financeira, Atendimento aos Clientes, Montagem e Manutenção de Computadores, todos inclusos no CETA Avançado, ou seja, cursos voltados aos jovens que são aprendizes nas empresas locais. Já em 2009, outros cursos foram inseridos ao CETA Avançado, entre eles: Auxiliar de Contabilidade, Auxiliar de Recursos Humanos, Rotinas Administrativas e Básico em Secretariado, passando a adotar apostilas específicas e próprias para os cursos ministrados e estabelecendo como critério que todos os docentes envolvidos deveriam possuir nível universitário completo na área de atuação. Como consequência da qualidade de ensino que foi implantado na Associação, ainda em 2009, a AIPA através do cadastro de seus cursos no Ministério do Trabalho e Emprego passou a ser reconhecida como Instituição Qualificadora pelo Órgão Federal e desta forma, trabalhando dentro da Lei do Aprendiz. Para atender a todas essas mudanças, também em 2009, através de uma fundamental parceria com o Governo do Estado de São Paulo, através do Deputado Estadual e Presidente da Assembléia Legislativa Dr. José Antonio Barros Munhoz, conquistou e também investiu grandes recursos para ampliar e equipar sua nova sede, como a construção de um auditório com capacidade para atender a 70 pessoas, contando com sistema de som, telão, data-show e ar condicionado, além de poltronas específicas e confortáveis.


Em 2010, novamente com a parceria do Governo do Estado de São Paulo e com o apoio do Deputado Dr. José Antonio Barros Munhoz, a segunda etapa dessa ampliação foi concluída e a diretoria entregou à população jovem e seus familiares uma instituição ampla, moderna e aconchegante para melhor atendimento da comunidade itapirense. É bom registrar também que a AIPA, sempre preocupada em aprimorar os conhecimentos dos jovens e consequentemente contribuindo com o crescimento intelectual e profissional realiza duas vezes por ano o Ciclo de Palestras que traz como slogan: “De olho no Mercado de Trabalho e na Qualidade de Vida”. 
Com o objetivo de poder disponibilizar sempre o acesso de seu público ao que há de melhor em recursos físicos, humanos e materiais, importantes parcerias foram realizadas ao longo dos últimos anos com as empresas Cristália Produtos Químicos e Farmacêuticos Ltda, CMDCA – Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e também por meio dos convênios com o CMAS – Conselho Municipal de Assistência Social.    
Com seus cinquenta e três anos, com muito trabalho, dedicação e orientação, mais de dez mil jovens já passaram pela Associação. A entidade impactou positivamente na vida das pessoas que por aqui passaram, e hoje muitas são bem sucedidas profissionalmente no mercado de trabalho. E gratas pela oportunidade que estes abraçaram, podendo fazer a diferença transformadora na sociedade.

Com a visão de sempre investir na qualidade da aprendizagem dos jovens e não apenas encaminhando-os ao mercado de trabalho, mas também prepará-los para a vida, a diretoria da AIPA – Associação Itapirense de Preparo do Adolescente vem constante e insistentemente investindo em cursos que poderão melhorar a vida do jovem no futuro. Assim é nossa Associação.

Venha nos conhecer.

Será um prazer!

© 2017 - Todos Direitos Reservados à AIPA - Associação Itapirense de Preparo ao adolescente.